Consciência Ambiental

A Newbeef se compromete com sua cadeia de valor na busca constante de ferramentas de inclusão, valorização dos seus fornecedores, contribuição do seu negócio com a mitigação de externalidades negativas geradas no eixo socioambiental e apoio as metas dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas.

O processo final dessas considerações originou o documento para sua compra direta de bovinos para abate, tendo como referência os seguintes documentos: a. Protocolo de Monitoramento de Fornecedores de Gado na Amazônia do Ministério Público Federal; b. McDonald’s Deforestation-Free Beef Procurement Policy; c. Critérios Mínimos para Operações com Gado e Produtos Bovinos em Escala Industrial no Bioma Amazônia da ONG Greenpeace; e d. ISO 20400 – Compras Sustentáveis.

Basicamente, a NEWBEEF checa diariamente todas suas compras de matéria prima para abate, aplicando os seguintes critérios para seus fornecedores diretos:

  • A NEWBEEF não tolera qualquer DESMATAMENTO ILEGAL dentro das fazendas que abastecem sua cadeia de fornecimento, verificando: a) a sobreposição de polígonos de desmatamento do sistema PRODES gerados pelo INPE; b) polígonos de áreas embargadas por desmatamento pelo IBAMA; e c) verificação da presença da fazenda na lista de áreas embargadas pelo IBAMA ou SEMA/MT;
  • A NEWBEEF não tolera qualquer indicio de TRABALHO ESCRAVO  OU TRABALHO INFANTIL de seus fornecedores, verificando: a) a presença do proprietários e/ou arrendatário na lista “suja” do Trabalho Escravo mantida por órgãos competentes no Brasil;
  • A NEWBEEF não tolera qualquer indicio de DESRESPEITO AOS POVOS INDÍGENAS E COMUNIDADES TRADICIONAIS de seus fornecedores, verificando: a) a sobreposição de fazendas fornecedores dentro de terras indígenas, gerenciadas pela FUNAI;
  • A NEWBEEF presa pela PROTEÇÃO DOS PARQUES E FLORESTAS BRASILEIROS de seus fornecedores, verificando: a) a sobreposição de fazendas fornecedores dentro de Unidades de Conservação, gerenciadas pelo ICMBio;
  • A NEWBEEF não tolera qualquer FRAUDE OU LAVAGEM DE GADO ENTRE PROPRIEDADES IRREGULARES PARA REGULARES, verificando: a) o status e histórico de alterações do CAR; b) dados cadastrais da propriedade presentes na Guia de Transito Animal, emitida pelo órgão de defesa sanitária estadual; e c) índice de produtividade da fazenda (relação 3 animais gordos: 1 hectare de área de produtiva da fazenda);
  • A NEWBEEF presa pelo cumprimento do código florestal brasileiro, verificando: a) o status de validade do CAR;

Paralelo a isso, a NEWBEEF está fomentando um programa com foco na rastreabilidade individual desde o nascimento, o ORIGEM PREMIUM em parceria com a Associação de Produtores da Raça Araguaia. Tal programa, abastecerá futuramente uma parte da demanda da planta com animais identificados desde cria e em conformidade socioambiental.